Destaques

A Lei da Ordem

A primeira lei do universo é a Lei da Ordem. Parte da Lei da Ordem é que o espírito deve sempre preceder a matéria. A Lei da Ordem é a lei mais básica e fundamental; se aplica a tudo. Se reconhecemos esta lei e agimos de acordo com ela, prosperamos; se não a reconhecemos, tudo começa a dar errado. Devemos aplicar esta lei em nossas vidas e atividades diárias para que possamos alcançar a felicidade e o sucesso. Embora a Lei da Ordem não seja um tópico de fácil compreensão, especialmente para pessoas acostumadas a pensar do modo ocidental (materialista), é um assunto muito importante, e insistimos na importância de observar esta lei em tudo que fazemos. Quando alguma coisa negativa acontecia, um sábio estudava a questão e frequentemente achava a causa na desobediência a lei da ordem.

Atividades espirituais devem sempre ter precedência sobre atividades menos importantes, como fazer compras ou outros afazeres. Porém, quando temos dificuldade em seguir a Lei da Ordem, devemos agir de acordo com as circunstâncias. Quando temos alguma razão significativa para não seguir esta lei, podemos então não a cumprir, mas sempre reconhecendo com reverência que fizemos um pequeno desvio neste caso.

Nos dias em que há festejos ou encontros especiais ou aulas na unidade, faça todo esforço para assisti-los. Se fizer isto, você estará agindo de acordo com Lei da Ordem e receberá graças em abundância. Muitos membros têm recebido muitas graças após assistir a um palestra especial, embora estejam passando por uma purificação grave, ou tenham negócios urgentes ou, ainda, estejam em alguma outra situação difícil.

Durante a Era da Noite, ou Era da Ordem Inversa, as forças negativas exerciam uma influência, uma grande e forte influência. O plano das forças negativas era de enganar a humanidade para que ela pensasse e agisse seguindo uma ordem inversa e fazê-la acreditar que as leis físicas podiam preceder as espirituais. As forças das trevas se empenhavam para que as pessoas se esquecessem do Criador e colocassem suas vidas preciosas nas mãos do materialismo. Durante este período, tudo parecia dar certo na maioria dos casos quando as pessoas deixavam que a matéria tivesse precedência sobre o espírito; elas não observavam nenhuma consequência negativa séria por causa de seu comportamento. O intervalo entre uma ação e suas consequências era grande porque na Era da Noite a ação da lei divina era inexata e lenta. A vibração era baixa e a Luz fraca e transcorriam períodos de tempo longos antes que o Mundo Espiritual pudesse refletir-se no plano físico. Como resultado desta aparente falta de repercussões por suas faltas, as pessoas erroneamente pensavam que podiam continuar violando a Lei do Espírito Precede a Matéria e as forças negativas faziam com que os indivíduos acreditassem que podiam controlar a natureza e forçá-la a obedecê-los. O resultado disto é o sofrimento, a confusão e o caos que vemos hoje.

À medida que o Reino Espiritual se torna mais brilhante e a Nova Era avança, a observação da lei divina se torna mais exata e age com mais rapidez. As forças negativas têm medo da Luz (energia de alta vibração) e lutam contra ela. No momento elas estão fazendo um esforço desesperado e tentando atingir os que seguem o Caminho da Luz, querendo que ajamos na ordem inversa e acreditar que o físico precede a matéria. Se não estamos de prontidão, podemos ser influenciados pelas forças negativas inconscientemente.

Devemos estar sempre alertas e ter presente a importância da Lei da Ordem. A única forma de conseguir a verdadeira felicidade é obedecer a esta lei e ter plena consciência de que, em nossas vidas, o espírito sempre precede a matéria, e administrar nossas atividades de acordo com isto. Quer saber mais sobre este e outros assuntos é só entrar no nosso site e se inscrever para receber as novidades e ainda conhecer um pouco mais sobre nossos cursos – www.clinicaokada.com.br

Como nos transformamos em instrumentos Negativos

Rachel Carson alerta em seu livro Primavera Silenciosa (Silent Spring) que, pela primeira vez na história da humanidade, cada um de nós está sujeito a entrar em contato com produtos químicos perigosos durante toda nossa vida. Este envenenamento e poluição do nosso meio ambiente é um assunto muito complexo. Devemos poder observar tudo em níveis ou dimensões diferentes. O mundo físico ou material é só o primeiro nível da realidade. Não há nada de errado em simplesmente observarmos as coisas como elas são e de formarmos nossas opiniões a respeito delas, mas, se somente observarmos a vida no nível físico, nossas observações serão superficiais.

Por exemplo, costumamos falar sobre coisas ou pessoas boas ou más. Precisamos entender que um conflito entre o Bem e o Mal está sempre ocorrendo nas profundezas do plano etéreo. Quando nos conscientizamos disto, começamos a ter um entendimento mais profundo a respeito de ocorrências no plano terrestre. O que acontece aqui é muitas vezes uma reflexão deste conflito entre forças positivas e negativas.

Num nível ainda mais profundo ou mais alto, tudo faz parte de plano Divino perfeito, da alta espiritualidade, que é profundo demais para que possamos compreendê-lo plenamente; porém, neste drama divino, tudo está acontecendo por necessidade de acordo a este plano. É neste sentido que que podemos ser espectadores e, ao mesmo tempo, participantes neste grande drama. Quando compreendermos que tudo faz parte deste grande drama de Deus, não há necessidade de ficarmos muito preocupados ou apavorados sobre o estado presente do mundo; ao mesmo tempo, devemos estar alertas e trabalhar ativamente para sua reconstrução. Para alcançar isto, devemos sempre fazer nossa parte, sempre no lado construtivo e tentar despertar mais pessoas para ficarem do lado e aprenderem sobre a espiritualidade. Quanto mais aumenta a intensidade da Luz no Mundo Espiritual (e isso está acontecendo visivelmente), também aumenta o desespero e o poder das forças negativas que tentam envenenar os corações da humanidade. Colocando toxinas em nossos corpos, eles podem baixar nosso nível espiritual e, assim, nos separar da alta espiritualidade. Este é o plano deles.

Infelizmente, muitas pessoas estão inconscientemente se tornando instrumentos das forças negativas que vitimam as massas. Ao notarmos o que está acontecendo no mundo, podemos observar que o plano Divino deve estar acelerando, pois a escuridão está aumentando no mundo, o que significa que a Nova Era está cada vez mais próxima. É uma grande graça podermos transmitir a Energia para Saúde, que pode anular os danos causados até por radiação atômica! (Esse tratamento foi usado no Japão para tratar indivíduos expostos ao bombardeio de Hiroshima.)

Como estar de acordo com a Espiritualidade e Agradar a Deus?

Quando temos fé e confiança em Deus, queremos naturalmente agradar a Ele obedecendo às leis divinas. É importante que tenhamos entendimento de como podemos melhor agradar a Deus. É desnecessário dizer que Ele não gosta de ações desonestas, como mentir, causar danos à sociedade e o sofrimento de outras pessoas; mas, mesmo assim, muitas pessoas no mundo pensam somente nelas e não se importam de estar causando problemas a outros. Como é que essas pessoas podem agradar a Deus pensando e agindo dessa maneira? Devemos pensar em nossas vidas de vez em quando e nos perguntarmos se estamos ou não vivendo de acordo com a vontade ou as Leis da Espiritualidade.

Tenho ouvido muitos reclamarem: “Por que é que minha vida não é tranquila? Sempre tenho problemas financeiros. Meu trabalho não progride. Por que será que outras pessoas não confiam em mim? Estou sempre doente.” Vou explicar por que estas pessoas estão tendo dificuldades: é porque existe alguma coisa na sua maneira de pensar ou de agir que não está de acordo com a vontade ou as Leis de Deus. Se estivessem vivendo de acordo com a vontade de Deus, viveriam tranquilamente e estariam felizes, gozando a vida. Durante este período de transição, quando a purificação a nível mundial é iminente, as Leis da Espiritualidade nos mostram que o maior seus efeitos é para que o maior número de pessoas ultrapasse essa fase, durante este período crítico. Com essa finalidade,  está nos enviando Sua Luz e nos deu condições para tal. A vontade Divina é transformar este mundo repleto de sofrimento em um mundo onde reina a felicidade eterna e todo sofrimento é erradicado. O plano Divino é alcançar este objetivo através das mãos de instrumentos altruístas. A espiritualidade precisa de todos aqueles que estão dispostos a serem instrumentos de Sua Luz.

Muitos de nossos membros sentem o poder da Energia para Saúde desde o início. Naturalmente, eles se entusiasmam e gostam de receber essa energia; porém, frequentemente param nesta etapa inicial e não procuram entender qual a missão que a espiritualidade lhes enviou para que cumpram nesta vida. Se eles têm que sofrer purificações prolongadas ou repetidas ou se têm outros problemas, começam a reclamar. Ao mesmo tempo, dizem que têm fé e acreditam na Energia. Dizem que sempre rezam pedindo para que Deus os ajude. Mas por que Deus não responde às suas preces? Simplesmente porque deixaram de crescer espiritualmente ou não fizeram nenhum esforço para identificar o verdadeiro motivo de sua falta de crescimento e progresso. Naturalmente, não atingiram um nível espiritual mais elevado no qual eles pudessem receber graças.

Soube recentemente de uma senhora que punha em prática o pensamento positivo e gostava de ajudar a outras pessoas. Tudo ia bem com ela até que, de repente, ela começou a ter dificuldades financeiras e outros problemas. Hoje, ela está preocupada e se pergunta como poderia ter acontecido isto quando ela havia sempre praticado o pensamento positivo. Enquanto as coisas iam bem, ela tinha fé. Agora, sua fé desapareceu.

A Verdade nos ensina que todas as coisas acontecem de acordo com as Leis da espiritualidade. Sempre existe um motivo pelo qual as coisas ocorrem. Sabemos que o plano de Deus é perfeito e que Deus nos purifica porque este é um período de transição no qual todas as impurezas devem vir à tona para poderem ser eliminadas. Por trás de tudo o que parece ser negativo ou ruim, existe sempre a mão infalível de Deus, nos guiando e dando-nos força com Seu amor. Em vez de pedir a Deus para que Ele resolva um problema do jeito que nós desejamos, e se começamos a entender e ter fé na sabedoria Divina, poderemos lidar com o problema com maior facilidade, independentemente de como esse problema se resolverá no fim.

Para que possamos ser verdadeiros instrumentos de Deus, temos que nos aprimorar. Primeiro temos que amar ao próximo e agir como uma pessoa que realmente acredita em Deus. Devemos nos esforçar para viver dentro da fé e vivê-la plenamente. Só então serviremos de exemplo às pessoas ao nosso redor e começarão a ter confiança em nós “Mesmo se você pensar que sua fé é grande, ela não vai inspirar a outros se você não demonstra sua fé em suas ações”. Só então as pessoas verão suas boas ações e confiarão em você. O mais importante é ser merecedor da confiança de Deus. Só então nossas vidas estarão sempre repletas de bênçãos e de felicidade. As pessoas só atingirão este nível quando a Terra se transformar num paraíso.”

Um membro estava muito doente; sofria de diabete e de problemas renais. Ela estava recebendo energia para saúde, mas, devido ao seu estado grave, e como as pessoas à sua volta estavam contra esse tratamento, ela foi levada a um hospital. Durante um tempo, sua saúde pareceu melhorar e o hospital lhe deu alta, mas logo em seguida piorou novamente. O médico pensou que se tratasse de um caso sem solução. Para complicar a situação ainda mais, o seu marido trabalhava durante o dia e, como ela estava doente, não havia ninguém que pudesse cuidar dos afazeres domésticos. Foi então que um dos membros do grupo de jovens visitou a família e ofereceu entrar em contato com o grupo de membros jovens para que a auxiliassem a cuidar da casa e para lhe ministrar a energia, se ela assim o quisesse. O jovem sabia que ninguém podia prever quais seriam os resultados físicos do tratamento, mas pensou que certamente o ele purificaria o corpo espiritual da mulher. Ele acreditava que os membros não tinham se dedicado o suficiente a este caso. Ela devia estar se sentindo muito sozinha e desesperada. Se os membros que se dispusessem a ajudá-la agissem de acordo com a vontade Divina, Deus certamente os ajudaria e, inclusive, poderia mudar a opinião das pessoas em torno da mulher que falavam mal da instituição. A família ficou comovida com as palavras de verdadeiro amor do rapaz e aceitou sua ajuda com gratidão. Quando este rapaz fez estas sugestões ao grupo jovem, um dos membros se ofereceu para ministrar o tratamento nela todos os dias. Ficamos surpresos ao ouvir que, depois de três sessões ministrados, ela teve uma diarréia séria e a mulher que sofria de hidropisia melhorou e suas pernas desincharam. Duas semanas atrás, ela veio à instituição e expressou sua gratidão. Os vizinhos que tinham zombado do tratamento mudaram então de opinião. Até o médico ficou surpreso. Os membros do grupo jovem se revezavam agora para fazer os trabalhos da casa. Eles estão realmente vivendo sua fé e crescendo espiritualmente. Estão felizes de poderem ser úteis e posso ver a alegria que irradia de seus olhos. Vocês podem compreender agora como é possível agradar a espiritualidade durante crises no presente e se prepararem para crises futuras. Se temos verdadeira fé na espiritualidade e sua energia, e nos empenhamos em fazer nosso semelhante feliz, nossas vidas irão melhorar, assim nos tornando mais felizes cada vez que sofrermos alguma purificação. Se nossas vidas não melhoram, devemos estar cientes de que a causa está dentro de nós mesmos e tentar eliminá-la.

Jesus disse “Como quereis que os outros vos façam, fazei também a eles” (Lucas 6:31).

A Lei da Afinidade Espiritual ou Lei da Atração

O mundo está repleto de sofrimentos, grandes e pequenos. Os jornais estão repletos de tragédias, de reportagens sobre crimes, acidentes e desastres. Vemos a insegurança e o medo à nossa volta. No dia de hoje, os centros educacionais nos ensinam como “ganhar o pão de cada dia”, mas não nos ensinam qual o verdadeiro significado da vida, quais as causas dos problemas e como resolvê-los. A maioria das pessoas apenas vê a superfície das coisas. Como elas estão apenas preocupadas com os sintomas dos problemas e de como eliminá-los, elas complicam ainda mais a situação.

Se nos conscientizarmos do Mundo Espiritual, que é o mundo da verdadeira causa, e se reconhecermos as verdadeiras razões causadoras do nosso sofrimento, então só assim poderemos aliviar e resolver os problemas. Devemos conhecer as leis básicas que governam o universo e a humanidade, da espiritualidade. De acordo com nossos estudos, tudo neste mundo acontece de acordo com a Lei de Afinidade Espiritual. Por exemplo, quando duas pessoas se encontram num certo dia dentro de dadas circunstâncias, o encontro é realizado de acordo com essa Lei. Se alguém deixa cair uma garrafa de uma janela do alto e cai em cima de um pedestre e o fere, o evento ocorre também de acordo a esta Lei.

Muitas vezes, vemos pessoas se perguntarem “Por que tal tragédia iria acontecer a uma pessoa tão boa?”, ou “Por que estou sofrendo assim?” Já que não podemos saber o que ocorre no Mundo Espiritual, apenas vemos a superfície das coisas e achamos difícil responder estas perguntas; porém, tudo acontece por uma razão e de acordo com as Leis imutáveis do Criador. Por isso, é da maior importância estar ciente do Mundo Espiritual que é permeado por energia e onde a causa ocorre primeiro.

Os diversos níveis de existência têm frequências vibratórias diferentes. De acordo com o ponto de vista vibratório, tudo está dividido em planos de vibrações altas, intermediárias e baixas. Um plano espiritual com vibrações altas é claro. Se o corpo espiritual de uma pessoa é puro e está num plano espiritual com vibrações elevadas, isto será refletido em sua vida física; bondade e amor irão prevalecer e coisas boas lhe acontecerão. Quando nosso corpo espiritual é purificado, nos elevamos a um estado existencial de nível mais elevado. Isto ocorre de acordo à Lei de Afinidade Espiritual. Ela afeta cada aspecto de nossas vidas – a vida familiar, a vida social, os negócios, relacionamentos com amigos e conhecidos, e assim por diante.

Infelizmente, ninguém parece estar livre de vibrações baixas e negativas que podem ser vistas no corpo espiritual como máculas ou nuvens escuras. Sabendo ou não, acumulamos máculas em vidas passadas e nesta também, porque nem sempre agimos de acordo com a vontade da espiritualidade. Cada vez que fazemos alguma coisa que não é totalmente correta, e nos desviamos da Verdade ou da Lei Natural, formamos máculas. Também herdamos máculas da linhagem familiar. Algumas pessoas reclamam e dizem: “Por que deveríamos arcar com as máculas de nossos antepassados?” Porém, temos estas máculas porque cada um de nós nasce numa certa família de acordo com a Lei de Afinidade Espiritual.

Durante a longa Era da Noite, muitas destas máculas não eram dissolvidas por causa da falta da energia espiritual, de Luz, e foram passadas de geração em geração. Todo corpo espiritual com máculas densas permanece nos níveis mais baixos do Mundo Espiritual, onde terá muitas dificuldades. Se o corpo espiritual de uma pessoa se encontra em um dos planos mais baixos no Mundo Espiritual, isto será refletido em sua vida física; ela encontrará dificuldades em todos os aspectos de sua vida. Especialmente agora, neste período da história humana, quando a Nova Era avança e a Luz aumenta em intensidade, o Mundo Espiritual se reflete com maior rapidez no plano físico e as purificações (problemas) estão ficando cada vez mais severas.

Parece que agora chegou o momento em que temos que “acertar as contas” com a alta espiritualidade. Todas as máculas que foram acumuladas pela humanidade devem ser dissolvidas (eliminadas) para dar lugar à Nova Era. As máculas que geramos através de relacionamentos familiares causarão purificações emocionais. Erros em assuntos pecuniários serão resolvidos através de purificações financeiras. Juntamente com purificações espirituais, tudo ocorre de acordo com a Lei de Afinidade Espiritual, até se sentimos dor nas pernas ou pés, se sofremos de problemas no estômago, de dor de cabeça, de doenças nos órgãos reprodutores, ou de outros problemas.

Não sabemos como e quando acumulamos essas máculas; porém, nós as temos e sofremos as consequências delas e temos que dispersá-las através dos diversos tipos de purificações mencionados. Não sabendo que o infortúnio é o resultado de máculas acumuladas, muitas pessoas ficam deprimidas e se lamentando de seus problemas, formando ainda mais máculas e agravando ainda mais sua situação. Outros se resignam ao seu destino, desencorajados, sem tentar fazer alguma coisa para tentar resolver suas dificuldades.

Nós, que somos estudantes e temos consciência das Leis da espiritualidade, temos a bênção de sabermos como eliminar essas nebulosidades em nossas vidas, que elimina as máculas e o sofrimento, mas temos que nos conscientizar de que este é somente o primeiro passo e de que máculas formadas carmicamente não podem ser eliminadas facilmente. Porém, a espiritualidade nos abriu um caminho – o caminho do servir a espiritualidade e seguir suas Leis. Nossas máculas cármicas podem ser eliminadas quando nos dedicamos a servir à humanidade, como dedicando e encaminhamos pessoas para conhecerem essas Leis. Devemos servir ao próximo com verdadeiro amor. Devemos estar sempre de prontidão para que pensamentos egoístas não nos dominem.

Se quisermos barganhar com Deus ou se esperarmos alguma recompensa ou reconhecimento de alguém, então estaremos tendo pensamentos egoístas. Esta maneira de pensar é um obstáculo à sinceridade e não é aceitável perante a espiritualidade e seu rigor através de suas Leis e à humanidade. Não podemos pagar todas nossas dívidas cármicas somente através do esforço humano, mas esse Caminho e sua prática nos libertará quando tivermos gratidão por termos a permissão de sermos instrumentos para se praticar o bem e da espiritualidade.

Somente a gratidão e o servir podem trazer a verdadeira felicidade interior. Um provérbio japonês diz, “Descanse e espere pela boa sorte.” Na realidade, é mais útil pensar e dizer: “Purifique e espere.” Como Jesus disse: “Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a Sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6:33).

Por que sou infeliz ou não consigo realizar o que desejo?

Não são poucas as vezes que diversas pessoas nos relatam que a vida delas está “estagnada”, não consegue ir nem para frente nem para trás, que não consegue realizar suas metas, que está infeliz e nada do que faz consegue ter resultados.

Não examinamos direito nossa vida, não conhecemos muitas coisas da espiritualidade e suas Leis e por isso nossas interpretações são muitas vezes erradas. Segundo essas Leis podemos estar vivendo um período de repouso, que podem significar uma pausa entre um estágio da vida e o próximo que virá, e nossa ansiedade não nos deixa desfrutar desses momentos, querendo movimento quando o momento é de desfrutar, reanalisar e rever nossas propostas para nossas vidas.

Além disso, tudo tem questão do tempo certo, o planejamento e o esforço para se atingir o que se deseja. Muitos desejam algo e nem se preparam para o que definiram para sua vida. Uns querem passar em concurso e não estudam, outros querem viajar e não economizam, outros querem ser respeitados e serem mais maduros e não mudam seu comportamento nem seu conhecimento, e outros querem ser felizes em relacionamentos e não investem em melhoria no seu próprio comportamento, enfim, são exemplos que não acabam mais.

Em todos os casos precisamos definir claramente o que desejamos, nossos objetivos e metas, e precisam estar conscientes, definidos e planejados, tipo mês a mês o que precisa fazer para se “chegar lá”. Não se preparar, não se auto analisar e melhorar e fazer os possíveis investimentos necessários em si ou no que seja, é deixar a sorte atuar, e isso não é nada bom, além de deixar ao acaso. O não preparo é uma boa receita para que nada aconteça ou seja bem diferente dos desejos.

Para tudo existe preparo, planejamento e execução. Alguns pedem a Deus que consiga isso ou aquilo, mas, mais uma vez, não há qualquer trabalho dela para que aconteça. Deus, segundo alguns e a lógica, fica esperando que a pessoa se prepare, que consiga ir passo a passo se adequando e mesmo fazendo seu esforço para que seja concedido o pedido, mas mesmo assim as pessoas insistem no milagre. Parece que Deus virou empregado, e não o criador. A boa sorte é rara, e para grande maioria só acontece uma vez na vida, e não estar preparado, atento e esperando o tempo adequado é sinônimo de não conseguir.

O tempo está certo quando as condições estão prontas e sentimos uma vontade enorme de fazer e quando começamos a colocar em prática tudo se encaixa perfeitamente bem, o contrário é por que ainda precisamos esperar. Em tudo exige preparo, esforço, trabalho e aguardar o tempo certo.

Acreditamos que dessa forma possa perceber que existe mais profundidade sobre o assunto que podemos perceber inicialmente e transformar em simples lamúria ou insatisfação quando não conseguimos realizar nossos objetivos. Pensar sobre isso e aprender mais as causas do sofrimento é fundamental no ser humano, pois parece eu as exigências aumentaram e/ou se modificaram, então entender e praticar diversas ações nos ajudam e muito no nosso caminhar.

Quer saber mais sobre conteúdos sobre esse e muitos outros assuntos? Entre em nosso site (www.clinicaokada.com.br), se inscreva e conheça nossos cursos, irá se surpreender como poderá mudar seu destino.

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Sucesso, Prosperidade e Problemas Financeiros

Essa é uma das questão muito procurada em nossas redes sociais. Recebemos email e solicitações sempre sobre esse assunto. Mas vamos esclarecer alguns pontos antes de dar uma grande alerta para as pessoas ok? Desvendaremos pontos de extrema importância que impedem nosso sucesso e trazem como uma praga problemas financeiros. São 4 pontos mais importante que serão abordados de forma simples, objetiva e desmistificada. Fique atento pois o assunto é importante e de vital importância.

Vamos falar sobre o imediatismo, uma cultura que vem se instalando e se tornando padrão na sociedade. Existe um conceito bastante conhecido que foi viralizado e encontrou eco na maioria. É o “carpe diem”, o significado de Carpe Diem é um convite para que se aproveite o tempo presente, usufruindo os momentos intensamente sem pensar muito no que o futuro reserva. Também surgiram ao longo do tempo outras expressões como Lei do Gerson que visa tirar vantagens do momento sem se importar com mais nada ou ninguém. De uma maneira quase automática basicamente a ideia de aproveitar ao máximo o momento satisfazendo assim aos prazeres e vantagens imediatas acabou de alguma forma fazendo parte da cultura.

Percebemos que existe uma propensão forte a se decidir por tudo que traz prazer imediato, e dessa forma detestam pensar no dia de amanhã, que dirá daqui um ano. Seguindo essa mesma linha, acabam criando uma ilusão perpétua que está tudo bem.

Também existe o costume de gastar mais do que ganha devido às inúmeras facilidade de crédito, crediário e consumismo. E as justificativas são as mais mirabolantes, tipo: nem sei se estarei vivo amanhã, então quero agora. Então se criou inúmeros gatilhos mentais, respostas prontas para justificar uma coisa ou outra. Pessoas que se habituam a isso não gostam de tomar decisões relativas ao futuro, se deixam levar sem saber onde vai chegar, e vão levando a vida, sem conseguir realmente desfrutar da vida. Apenas seguem a vida, não são protagonistas nem sabem o valor de ser um, por isso sentem um vazio, como se algo estivesse faltando, e a partir daí vemos num crescendo situações desastrosas, vida sem sentido e temos um problema de ordem social, visto que não são poucas as pessoas que se encontram assim. As vezes as pessoas chegam a sofrer tanto que, mesmo jovens, parece que tem dezenas de anos mais. E por sofrerem e se encontrarem em uma situação aparentemente sem sentido ou sem explicação acabam desacreditando em tudo e em todos. Já vimos isso acontecer inúmeras vezes quando atendemos na Clínica Okada.

Mas existe uma chave, como se fosse um botão de liga e desliga, uma soluço para essa situação, mas é preciso querer mudar, e agora explicaremos o que se deve fazer.

E qual a chave que pode mudar tudo isso?

Pare um determinado dia, uma determinada hora de sua escolha. Tente olhar para frente, pensar lá na frente. Coloque no papel seus objetivos claros, definidos, para saber exatamente onde e quando quer chegar em um determinado tempo, por exemplo, um ano. Onde quer estar e chegar daqui a 6 meses ou um ano? O que eu gostaria realmente de estar assim ou assado, com isso ou aquilo ou em tal lugar nessas condições. Claro que não deve colocar coisas irreais, mas que gostaria muito nesse exato momento, algo que moveria você contra o mundo se fosse necessário.

Tem de ser algo realmente importante para você. Fazendo isso você vai aprender que gastará menos tempo e dinheiro com aquilo que não é tão importante para vc. Então começa a sobrar dinheiro e começará a poupar e isso viabilizará a realizar o que definiu como seu objetivo (já que o assunto aqui é sucesso e problemas financeiros).

Precisa ter a visão da recompensa, o que ganhará se esforçando para chegar onde definiu, e aquilo que te tira da cama, que te anima e faz viver voltará com força, mas pouco a pouco. É ter paixão – essa é a grande fórmula do sucesso em tudo o que empreender, em qualquer área, em qualquer atividade. Aprender a gostar. E isso exige um pouco de tempo.

E agora vem a segunda fase. Você deverá aprender a dizer não, primeiro para você mesmo e depois, para os outros.

É aí que ter objetivos claros, definidos faz toda a diferença. Você realmente se move para onde e quando quer chegar, pois objetivou o que era importante e forte para si, e isso faz toda a diferença. Aprender a dizer não é algo motivador, nos leva a desafios e todos nós precisamos de desafios.

Não significa que vc não terá mais vida, que será um recluso, nada disso. Apenas que gastará dentro de determinado limite, que não gastará mais do que ganha e ainda irá poupar e investir.

Agora o próximo passo, um outro desafio. Se você entendeu tudo até agora então entenderá:

Se você não se endividar não passará por qualquer tipo de problema financeiro, então o foco é:

  1. Não faça dívidas. Eu nunca vi ninguém que não faz dívidas ficar endividado, então seja essa pessoa.
  2. Só compre com dinheiro e se tiver dinheiro.
  3. Faça das tripas coração para tratar dívidas, financiamentos de de carro, tv, bicicletas, computador como se fossem coisas do mal….são inimigos. Só comprem quando puderem e tiverem dinheiro. Você tem objetivo que já foi definido, isso está claro, então persiga isso com toda a força de seu ser. Aprendam a economizar e a saber o que é importante para você.
  4. Cartão de crédito, empréstimos, fique longe de tudo.
  5. Essa mesma coisa vale para um empreendimento. Só abra qualquer negócio se tiver dinheiro, ou se seu sócio tiver dinheiro, e mesmo assim façam todo o planejamento. Não comece qualquer negócio sem se planejar, sem ter dinheiro e endividado – é uma receita para o desastre. E mesmo assim, só invista no máximo 30% do seu dinheiro, nunca 50% e menos ainda 100%.

Agora vamos a última e mais importante questão. Uma das coisas mais importantes para o ser humano é a DOENÇA. Sabe por quê? Porque a tragédia é grande, e pode tirar a vida de qualquer um a qualquer instante. Praticamente todo mundo tem algum tipo de doença, e é natural que o ser humano, através de seu corpo físico, tente eliminar as causas das doenças o tempo inteiro, que são elementos ou toxinas. Essa eliminação se dá através do suor, urina, do número 2, diarreia, gripe etc;

Só que não percebemos que maior parte dessas toxinas acabam se concentrando nos ombros, no pescoço também. E sabe o que acontece? É algo que vcs mesmo poderão verificar:

  • Normalmente determinadas regiões, a título de exemplo apenas, do pescoço são bem mais quentes de outras. As vezes é a base do pescoço, as vezes perto das amigdalas ou mesmo a parte detrás do pescoço. Isso é o que acontece com todo mundo. Foi o que aprendemos quando estudamos muitas coisas sobre doenças e nosso dia a dia na Clínica.

E sabe o que mais?

Essas regiões quentes influenciam diretamente nosso humor, nossos sentimentos, assim como afeta nossa paciência que se transforma em impaciência, que afeta nosso estômago e acaba fazendo ter mal-estar, dores de cabeça e muitas vezes insônias, além da irritação, peso dos ombros à cabeça e muitos outros sintomas mais.

Não percebemos esse estado normalmente e quando percebemos não sabemos o que fazer ou toma um remédio x ou y e por conta disso acabamos absorvendo, tentando deixar para lá nossa impaciência, nosso mal humor ou irritação e todas as outras coisas relacionadas ao nosso cotidiano.

Agora pare um pouco e reflita: já pensou como normalmente tomamos nossas decisões, sejam quais forem?

Decidimos coisas importantes no dia a dia ou da nossa vida sem estarmos no nosso ideal, sem estarmos bem, equilibrados e por isso muitas vezes erramos tanto nas decisões, às vezes de forma precipitada e que nos traz muitos sofrimentos depois.

Por isso investimos tanto na saúde, para que a pessoa possa se equilibrar suas energias que impactam diretamente o corpo, mente e emocional. Uma pessoa equilibrada é outra coisa, tudo transcorre de forma mais harmônica, com menos sofrimento e menos esforço e por isso os resultados também são bem melhores.

De forma geral queríamos passar isso para vcs. Sabedores disso e tomando conhecimento de que é uma realidade mesmo que pouco percebida, se quiser saber mais sobre este e outros assuntos, entre no nosso site (clinicokada.com.br) e se inscrevam para receberem mais desses assuntos diretamente no seu email. FAÇAM ISSO AGORA OK? NÃO DEIXEM PARA DEPOIS.

Os orgânicos são mais ricos

Ser livre de agrotóxicos não é a única vantagem desses alimentos. Surgem indícios de que também oferecem mais substâncias protetoras



Você certamente faria a alegria do seu nutricionista, do seu médico e da sua própria saúde se acrescentasse duas porções extras de frutas, verduras ou legumes ao dia a dia. Pois, segundo pesquisadores da Universidade de Newcastle, na Inglaterra, a gente ganharia o equivalente a isso se simplesmente trocasse os alimentos convencionais por sua versão orgânica. Pelo menos em termos de antioxidantes, moléculas famosas por proteger nossas células dos pés à cabeça. Os especialistas descobriram que esses ingredientes apareciam numa quantidade de 19 a 69% maior nas safras produzidas sem pesticidas. E olha que suaram para chegar a esses números: nada menos que 343 estudos foram vasculhados.

“Além de abrangente, essa revisão é mais criteriosa do que pesquisas anteriores”, contextualiza a química Sônia Stertz, doutora em tecnologia de alimentos da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Para ela, os achados fazem total sentido e são consequência justamente da ausência de agrotóxicos e fertilizantes nitrogenados no cultivo orgânico. “Nessa situação, as plantas ativam seu próprio mecanismo de defesa o tempo todo”, esclarece. É aí que a produção de antioxidantes dispara. Afinal, na falta dos defensivos agrícolas, são eles os elementos recrutados pelo vegetal para afastar pragas, insetos e outros agressores.

“Como essas substâncias são fabricadas com o intuito de proteger a planta, costumam se concentrar na casca”, conta a nutricionista Ana Luísa Kremer Faller, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ela diz isso com conhecimento de causa. Há alguns anos, a professora investigou os teores de compostos fenólicos, classe expressiva de antioxidantes, em 12 alimentos, tanto na versão convencional como na orgânica. “As frutas e hortaliças livres de agrotóxicos eram, em 80% dos casos, mais ricas nessas substâncias”, revela.

Ana Luísa pondera que é difícil cravar quão mais rico um orgânico é em relação a um produto cultivado com pesticidas. “É que uma série de fatores influencia nesse aspecto.” Ela se refere a forma de cultivo, temperatura, tipo e qualidade do solo. “Mas, no geral, os orgânicos tendem, sim, a apresentar teores mais elevados de antioxidantes“, diz. E essa é uma vantagem que o nosso organismo sabiamente comemora. “Esses componentes naturais combatem os radicais livres e, por isso, seu consumo está associado a um risco reduzido de doenças cardiovasculares e degenerativas, além de algumas formas de câncer”, ensina Sônia.

Se no campo dos antioxidantes as evidências de superioridade dos orgânicos parecem inquestionáveis, a história permanece nebulosa no quesito vitaminas e minerais. “Alguns dados não mostram diferença, outros indicam que os orgânicos são melhores. Mas o importante é que nenhum estudo até agora apontou que eles têm menos nutrientes”, diz a agrônoma Ronessa Bartolomeu de Souza, da área de Solos e Nutrição de Plantas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, a Embrapa. De novo, as condições de plantio e clima pesam muito nessa conta.

Pelo menos em um trabalho conduzido pela química Sônia, da UFPR, os orgânicos saíram vitoriosos. Para ter ideia, o morango isento de pesticidas tinha quantidades extras de ferro (342% a mais), fósforo (63%), magnésio (183%), potássio (80%) e fibras (26%). A batata, outro destaque no mesmo trabalho, apresentou maiores doses de selênio (33%), ferro (54%), fósforo (36%), cálcio (17%) e fibras (21%). O agrião, a cenoura e a couve-flor também fizeram bonito.

Para ninguém botar defeito

Os especialistas ouvidos por SAÚDE são unânimes ao afirmar que as pessoas deveriam priorizar os orgânicos pelo simples motivo de não carregarem agrotóxicos. “Esses produtos utilizados no Brasil são superagressivos. Muitos estão até proibidos em outros países”, alerta a nutricionista Danielle Fontes, mestre pela Universidade de São Paulo. E tem um complicador aí: o mau uso. Ana Luísa, da UFRJ, lembra que vira e mexe a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisa algumas culturas e detecta quantidades exorbitantes de pesticidas. Fora que, não raro, um agroquímico indicado somente para determinado alimento é encontrado em outro. “No final das contas, tomamos uma sopinha de substâncias químicas”, resume a professora.

Como ingerimos um pouco todos os dias, é quase impossível mensurar o real impacto dessa mistureba no surgimento de doenças. Mas as perspectivas assustam. Sônia conta que, em trabalhadores que lidam diretamente com esses produtos, há relatos de lesões na pele, danos ao fígado e aos rins, complicações respiratórias, problemas neurológicos e reprodutivos, desregulação hormonal e até câncer. “A dose diária aceitável de agrotóxicos deveria ser zero”, afirma Ronessa.

Pena que o preço da comida sem defensivos afaste muitas vezes o consumidor. Para encontrar valores mais amigáveis, Ana Luísa sugere fugir de redes de supermercados. “Prefira ir às feiras”, diz. Caso não dê para comprar os alimentos da família inteira na versão orgânica, a nutricionista pede para privilegiar as crianças. “Estudos revelam que os efeitos dos agrotóxicos nelas são até dez vezes mais intensos do que em adultos”, concorda Sônia. Outro conselho: procure os relatórios da Anvisa para checar as variedades mais carregadas de pesticidas – e, com a lista em mente, priorize os orgânicos para a despensa. Mora em condomínio? Uma alternativa legal é incentivar as hortas comunitárias, até porque algumas espécies são fáceis de manipular. O que não dá é para continuar envenenando o próprio corpo.

Orgânico não é só vegetal

Produtos de origem animal, como carne, leite e ovos, também podem receber o selo de orgânico. “O bovino, por exemplo, não recebe antibióticos, hormônios, quimioterápicos e ureia”, ensina Cecília Mendes, engenheira de alimentos da empresa Korin. Além disso, a ração dos animais é livre de agrotóxicos e eles não vivem em confinamento. Ou seja, seu bem-estar é levado em conta. “O resultado é que os orgânicos são minimamente processados, sem ingredientes artificiais, conservantes ou irradiação, o que mantém sua integridade e qualidade”, defende Cecília.

Fonte: Revista Saúde – Abril
https://saude.abril.com.br/alimentacao/os-organicos-sao-mais-ricos/

“Rir, Rezar, Apreciar”: a Higiene da Mente

A higiene é algo essencial para o ser humano e a higiene mental não é exceção. O riso, a oração e a contemplação estética são formas de limpeza da mente e deveriam ser cultivados como hábito diário, assim como escovar os dentes.

Os benefícios dos hábitos saudáveis de higiene para a sociedade humana são inequívocos e inquestionáveis. No entanto, da forma com que se faz hoje, a higiene limita-se ao ambiente e ao corpo e acaba por negligenciar a higiene mental. Com isso apenas 2/3 são contemplados.

Assim como o corpo se suja ao ficar exposto ao ambiente, o mesmo ocorre com a mente. Ao ser exposta à atos abomináveis, à discursos de ódio, à situações de medo ou insegurança, gradualmente os pensamentos são afetados de maneira negativa e acabam por “normalizar” diversos disparates.

Por isso, assim como a mente se suja diariamente é preciso cultivar o hábito de limpá-la também diariamente. Em sentido inverso, a limpeza da mente ocorre ao ter contato diário com atos meritórios, discursos de amor e situações de segurança ou alegria. Como isso é atualmente difícil é requer esforço.

Talvez a forma mais refinada de higiene mental é a contemplação estética. Mas a verdade é que dependendo da quantidade e do grau dos problemas, não é possível apreciar nada. Existem ocasiões em que até mesmo orar se torna impossível. Em circunstâncias como esta, rir é o melhor.

Rir não é rir dos outros mas de si próprio, da sua própria situação. É achar algum ângulo engraçado ou irônico na situação sua situação. Apenas não confunda riso com deboche, não é bom debochar, nem mesmo de você. Mas o riso, o riso é como uma flor que abre a mente para novas perspectivas.

“Dia do pagamento! Durmo uma noite e… carteira vazia…”

A oração trás conforto e esperança. Por meio da oração é que “entregamos” aquilo que está além do nosso alcance e que nos permite centrar em resolver aquilo que está. Em um dia mais escuro, a oração permite ver um amanhã com esperança e as vezes isso muda tudo; pode até quebrar um círculo vicioso.

Desnecessário dizer que orar não se trata de repetir mecanicamente um conjunto de palavras mas de ser inspirado por elas. Ao orar a pessoa deve saborear cada palavra e meditar sobre seu conteúdo deixando-se mover por ele. Ao fazer isso, uma boa oração é aquela que desperta reflexão e sentimentos bons.

“Perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.”

O contato com elementos estéticos desenvolve a sensibilidade. Em uma sociedade cada vez mais corrida e mecânica, mesmo havendo possibilidade não se dá tempo para apreciar as singelezas da vida. Coisas como sentir o vento, contemplar uma flor ou ler poemas é algo que define o ser humano.

O importante é ter contato com elementos estéticos que despertem sentimentos bons, mesmo que inicialmente com forte apelo ao sentidos. A apreciação estética é também uma educação, é preciso se educar gradativamente e buscar apreciar elementos estéticos cada vez mais sutis e refinados.

“O lago em breu —

à silhueta de luz da Lua nova, reflete a sombra escura do pinheiro ao vento.”

E claro, assim como um banho não resolve doenças, caso esteja mentalmente doente, consulte um psicólogo.

Uma perspectiva de Mokiti Okada

Logo no início de seu trabalho, quando as dificuldades eram inúmeras, o mestre Okada realizou uma série de saraus de poemas humorísticos onde junto com seus amigos choravam e riam juntos as mazelas da vida. Mas o principal é, mesmo que por um breve momento, todos se divertiam juntos enquanto esqueciam dos sofrimentos de uma época. O riso sempre foi cultivado pelo mestre Okada.

O mestre Okada era teísta e também compôs orações que podem ser entoadas por qualquer pessoa que quiser e atualmente são entoadas por muitas pessoas no mundo todo. Essas orações tem versos muito inspirados que ajudam a despertar aquilo que há de melhor em cada um de nós. São orações que trazem calma e esperança, isto é, que trazem luz à nossa mente.

Ainda, o mestre Okada era amante das belas artes, em especial das japonesas. Ele sempre se dedicou à pintura japonesa, caligrafia e à composição de poemas, além disso colecionou um acervo que suscitou dois museus. O objetivo era popularizar as artes japonesas para o público em geral. Apreciava também a cultura ocidental como o cinema e até a cultura pop como os ukiō-e.

A Purificação Estética

Ao ter contato com qualquer ideia, texto ou situação a primeira coisa a considerar é o sentimento. Caso o sentimento que foi despertado é virtuoso, ela contribui a para limpeza da mente; caso contrário para sua corrupção. O mesmo vale para o riso, orações e obras de arte. As artes mais elevadas despertam sentimentos sublimes e as menos induzem ao ódio ou ao conflito.

Quando a mente está sendo purificada manifestam-se alguns sinais. Os músculos relaxam, ocorre o bocejo (ou arroto), surge uma sensação de calor e muitas vezes o sorriso de alívio é inevitável. Para que esses sinais se manifestem leva algum tempo de contemplação. Enquanto a maioria das pessoas não está habituada a parar e desfrutar de momentos estéticos, o hábito de contemplar coisas ruins já está estabelecido. A higiene, ou falta dela, é um hábito.

A contemplação do belo é um hábito a ser cultivado diariamente.

Francisco Marcondes Supino – de Braga, Portugal